Dicas para atualizar sua educação financeira corporativa

Tempo aproximado de leitura: 4 minutos

Segundo a Controllers Council, o setor de contabilidade e finanças corporativas está enfrentando uma falta de profissionais qualificados e têm lutado para encontrar talentos para preencher vagas. Nesse sentido, a educação financeira corporativa tem exercido uma importante função na capacitação de profissionais para a área, que tem passado por inovações constantes nos últimos anos.

A associação menciona que um dos principais motivos para essa escassez se deve ao avanço tecnológico, no qual a demanda por mão-de-obra capacitada aumenta, ao mesmo tempo em que existem poucos trabalhadores com as habilidades exigidas do mercado.

Reunimos algumas sugestões sobre como atualizar os conhecimentos de educação financeira corporativa e ajudar no processo de constante capacitação dos profissionais. Confira:

Mantenha-se atualizado sobre novos temas e tendências da educação financeira

Segundo Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central brasileiro, na matéria com a digitalização, o sistema financeiro do futuro começa a ser desenhado, é notável a velocidade das mudanças tecnológicas e seu impacto na área financeira.

Nesse cenário de evoluções contínuas, é preciso ficar atualizado dentro de temas das principais mudanças do setor, como novas normas regulatórias, tendências de FP&A, e avanços da área financeira.

Nisso, portais e blogs da área podem ser grandes aliados. Assinar newsletters facilita nesse momento, já que as últimas notícias são enviadas diretamente ao assinante, sem o risco de deixar uma matéria importante para trás

Outra maneira de ser avisado sobre tendências e novidades é pelo Google Alerts, recurso de notificações enviadas por e-mail sempre que resultados de um tópico escolhido forem publicados. 

Ter uma rotina de leitura diária também auxilia na hora de atualizar sua educação financeira corporativa, podendo trazer insights e manter o leitor por dentro das principais atualidades do setor. Revistas e sites da área como Forbes e The Economist, por exemplo, são um dos principais veículos de notícias da área financeira.

Essa rotina deve ser complementada com os livros mais vendidos e comentados do setor, que abordam diversos aspectos da área.  Procurar suas avaliações em plataformas de leitura pode auxiliar nessas escolhas.  

Utilize as redes sociais a seu favor

Redes sociais como LinkedIn e Facebook possuem grupos de interesse que conectam diversas pessoas num mesmo segmento, compartilhando ideias e criando oportunidades de networking.

Segundo o portal CIO, “participando de um grupo de LinkedIn, é fácil manter-se atualizado com as tendências do setor, fazer contatos valiosos e tornar-se uma referência em sua área de atuação.”

Para encontrá-los, basta inserir a palavra chave do que procura no campo de busca das plataformas e filtrar a categoria “grupo” e então solicitar a participação.

Num ambiente propício e aberto à discussões produtivas, esses grupos podem impulsionar sua educação financeira corporativa com a troca de experiências, sanando dúvidas e se envolvendo com pautas de valor.

Nas redes sociais, também é possível acompanhar as tendências da área seguindo personalidades influentes no setor. O LinkedIn destaca, no #TopVoicesLinkedin, profissionais que colaboraram de forma relevante e que estiveram mais envolvidos com determinados temas.

Outra dica é seguir as hashtags, palavras-chave iniciadas pelo símbolo “#”, que se tornam hiperlinks e redirecionam o usuário para publicações relacionadas. Elas permitem ter todos os conteúdos do tema interessado na página inicial da rede social, facilitando sua visualização.

As redes geralmente sugerem, automaticamente, hashtags baseadas em seus interesses, área, setor e empresa que trabalha, sendo mais fácil encontrar as que melhor se encaixam em seu perfil.

Desenvolva antigas e novas habilidades

As habilidades esperadas dos profissionais financeiros têm uma tendência a crescer à medida que os anos passam e as demandas exigindo cada vez mais capacidades analíticas e estratégicas.

Segundo o guia Finanças 2020: mais perto do que você imagina – planejando o futuro, da Robert Half, empresa de soluções em talentos, 90% dos CFOs consideram desafiador encontrar profissionais qualificados para as finanças.

Os dados revelam que 35% dos CFOs acreditam que os profissionais de finanças precisam conhecer mais sobre softwares financeiros, 26% sobre compliance, governança e gerenciamento de risco, e 25% sobre os padrões de relatórios financeiros e contábeis.

Nesse sentido, capacitar-se através de cursos rápidos, treinamentos, doutorados, mestrados e especializações pode ser ideal para quem procura melhorar sua educação financeira corporativa.

Segundo dados da pesquisa O Perfil do CFO no Brasil: 2021, da Assetz Expert Recruitment, em parceria com o Insper, 70% dos CFOs possuem ao menos uma pós-graduação, fortalecendo a importância e a tendência da educação continuada dos profissionais de finanças.

Com o objetivo de atualizar e expandir as competências técnicas, há instituições que incentivam o lifelong learning, educação continuada, no português, e oferecem capacitação com certificação e até mesmo gratuitas. 

Para saber qual a melhor opção de curso, pesquise sobre a instituição e busque saber se a mesma é reconhecida. É possível também conferir suas avaliações em órgãos de referência como o MEC e verificar a sua pontuação em relação às demais.

Participe de eventos

É possível atualizar sua educação financeira corporativa desenvolvendo um networking ao participar de encontros, palestras, workshops, congressos, conferências e outros eventos.

Com o objetivo de criar conexões profissionais, o network, trabalho em rede, no português, cria laços vantajosos, compartilhamento de ideias e acesso a oportunidades.

A Michael Page, agência de recrutamentos, elenca vários benefícios do networking. Dentre eles, essa prática é capaz de alavancar seu perfil e carreira profissional, trazer visibilidade do seu negócio, e fortalecer relações comerciais de longo prazo.

A revista Forbes, em sua matéria How To Begin To Build A Network, mostra como começar a projetar um networking de sucesso e como aproveitá-lo ao máximo:

  • Expanda sua rede de contatos partindo para engajamentos diretos com as organizações de seu interesse. Compareça em seus eventos, envolva-se nas dinâmicas profissionais e entenda como construir sua reputação com potenciais parceiros de negócios, sócios e clientes.
  • Após isso, avalie qual desses contatos têm um melhor fit com seus objetivos e cultive essas relações. Estabeleça uma meta de comparecimento a eventos, organize encontros e lidere reuniões envolvendo seu negócio e mostrando o que pode oferecer.

Para localizar os eventos relevantes da sua área, há sites e plataformas que podem ajudar a filtrar tópicos, juntamente com datas, locais, ingressos e informações gerais. 

O LinkedIn disponibiliza um recurso para encontrar eventos, assim como para criar e atuar como organizador, decidindo seus detalhes e enviando convites para os participantes.

Ao seguir uma hashtag relacionada ao evento, todas as informações e interações irão aparecer em seu feed automaticamente, incluindo a possibilidade de realizar conexões com os convidados.

Conteúdo
    Pesquisar

    Principais assuntos

    2 Responses

    Add a Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    dezenove + 7 =

    Veja também